Você sabe como medir corretamente a velocidade de sua internet?

Você sabe como medir corretamente a velocidade de sua internet?

Estou aqui para trazer um vídeo e várias outras explicações para você aprender fazer corretamente a medição da velocidade da sua internet.

Na hora de medir a sua conexão, fique atento aos 3 pontos principais citados abaixo:

PONTO 1:
A velocidade no seu dispositivo pode estar sendo compartilhada com outros aparelhos na sua rede WiFi comprometendo o resultado final de sua medição, sabendo disto, a Hokinet tem uma ferramenta fantástica desenvolvida pelo nosso consultor técnico Patrick Brandão. Abra esse link a seguir:
http://consumo.hokinet.com.br
Este link mostra em tempo real a velocidade TOTAL consumida em sua conexão somando todos os dispositivos conectados ao seu WiFi ou à sua rede cabeada… dessa forma, você vai descobrir se a sua velocidade não está chegando no seu aparelho devido haver alguma outra pessoa ou coisa consumindo grande parte ou toda a sua banda (velocidade) disponível, e desta forma, não sobra velocidade para você fazer o seu teste de forma real. Esta ferramenta serve também para te mostrar se a lentidão em sua casa não é falta de banda… se a sua conexão ficar uma linha quase reta no gráfico o tempo todo, nos chame, você precisa de um upgrade de velocidade e provavelmente você estará com muita lentidão e latência muito ruim se estiver nessa situação de gargalo com sua velocidade topada no máximo o tempo todo. Se houver somente picos, vai lá em cima no limite e volta, não se preocupe… é normal que isso aconteça e isto não causa lentidão na sua navegação.

PONTO 2:
Prefira sempre fazer medições usando redes cabeadas, acontece que o WiFi é muito suscetível a falhas e sofrer interferências… Telefones sem fios, forno micro ondas ou qualquer outro aparelho doméstico eletro eletrônico que emita ondas eletro-magnéticas podem interferir na qualidade do seu WiFi, e, portanto, em sua medição também…
Sempre tente medir sua velocidade usando redes cabeadas ou pelo menos então redes WiFi com tecnologia 5G, pois as redes antigas anteriores a 5G não conseguem entregar grandes velocidades sem fios e vai que no meio da sua medição alguém ligue o microondas e isso atrapalhe né, por isso, sempre prefira fazer usando cabo ou se for WiFi, use pelo menos a rede 5G.
IMPORTANTE: apenas 1 dispositivo conectado longe do WiFi pode interferir na velocidade da sua rede como um TODO, pois o WiFi vai baixar a modulação de TODOS os aparelhos nivelando pelo menor sinal… NÃO COMPARTILHE WIFI, você vai ser muito prejudicado por isto, o professor Jose Alves Jr nos ensina muito bem isto nesse vídeo a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=uJxbAfDDw98

GAMERS: Pelos mesmos motivos que o WiFi atrapalha a medição, ele também atrapalha sua latência para jogar… sempre prefira jogar por redes cabeadas, um simples aparelho doméstico ligado pode gerar ondas eletro-magnéticas que podem interferir na latência e estabilidade da rede WiFi, uma pessoa que saia para fora da casa e fique com sinal fraco na frente da casa pode fazer com que seu roteador module para baixo e derrube a velocidade e suba a sua latência… NÃO JOGUE PELO WIFI, a probabilidade de se incomodar é muito grande..

PONTO 3:
Os servidores que hospedam os testes de velocidades também podem ficar sobrecarregados, ou sofrerem algum problema de conectividade… por isto, faça seu teste sempre em mais de um para ter uma visão mais real, não insista sempre no mesmo, e, prefira sempre os mais estáveis ou que estejam mais perto de você. Quanto mais longe o Servidor, maior a probabilidade de ter uma medição que não mostra a realidade da sua conexão, pois as vezes podem existem milhares de quilômetros de fibra óptica e muitos roteadores no meio do caminho entre você e o servidor de medição que podem interferir em sua velocidade… a seguir alguns links dos medidores mais confiáveis para você fazer suas medições: Confira o vídeo
www.facebook.com/hokinet.internet/videos/2261109184191670/?t=5

Minha Conexão:
https://www.minhaconexao.com.br/
Speed Test
https://www.speedtest.net/
NPerf
https://www.nperf.com/pt/
Netflix
https://fast.com/pt/
NIC.Br
https://beta.simet.nic.br/
Tecmundo
https://beta.simet.nic.br/

Se houver ainda alguma dúvida sobre a medição de sua internet, nos chame em nosso suporte técnico via WhatsApp no número 0800-000-4848 ou clicando neste link: http://whatsapp.hokinet.com.br ou via messenger aqui no Facebook (comentários nesta publicação não chegam em nossa central de atendimento, por gentileza sempre prefira MESSENGER – mensagem privada)

Espero que tenha esclarecido um pouco mais para você nosso assinante!

5 motivos para escolher um provedor de internet local

Está com problemas em sua conexão de rede? Acha que não recebe pelo que paga e ainda tem que lidar com um suporte pouco prestativo e um tanto quanto demorado? Bem, independentemente de quais sejam os incômodos relacionados, para muitos, a saída para resolvê-los é só uma: contratar um provedor de internet local.

Como você sabe, as grandes companhias (normalmente associadas às telefonias nacionais) parecem não se preocupar muito com a satisfação do consumidor.

Prova disso são as intermináveis reclamações em sites como o Reclame Aqui.

Então, preparamos este post para mostrar 5 motivos para escolher um provedor de internet local. Continue a leitura e confira. Não perca!

A imagem pode conter: texto que diz "01. SUPORTE ÁGIL Diante da proximidade física entre você e o provedor de internet local, é certo que o suporte técnico será muito mais ágil quando comparado ao oferecido pelas companhias nacionais. Ao optar por um provedor de internet local, o "trajeto" do suporte técnico até a sua casa será muito mais curto. @hokinet.internet HOKINET"
A imagem pode conter: texto que diz "02. ATENDIMENTO HUMANIZADO Falar com "máquinas" ou ter que ficar aguardando por muitos minutos para ser atendido é desagradável, não é mesmo? Ao escolher um provedor de internet local, essa chateação e perda de tempo não será mais um problema. Essa realidade permite ouvir os clientes com com maior proximidade, favorecendo o contato humano. @hokinet.internet HOKINET COMPARTILHEESSAEXPERIENCIA"
A imagem pode conter: texto que diz "$ 03. PREÇOS COMPATÍVEIS Engana-se quem pensa que os preços praticados pelos provedores nacionais são melhores. Embora possa haver valores mais baixos do que as ofertas mínimas de um provedor internet local, o custo-benefício não será superior. Em outras palavras, mesmo que você tenha que pagar um pouco mais nas mensalidades, esteja certo que receberá um serviço significativamente melhor quando comparamos com os gastos destinados a uma grande companhia. @hokinet.internet HOKINET COMPARTILHEESSAEXPERIENCIA"A imagem pode conter: texto que diz "04. CANCELAMENTO Geralmente os provedores de internet locais possuem uma flexibilidade contratual muito maior do que as companhias nacionais quando o assunto é cancelamento. Quem nunca passou dor de cabeça e raiva na hora de pedir desligamento definitivo de sua conexão com algum grande provedor? @hokinet.internet HOKINET COMPARTILHEESSAEXPERIENCIA"A imagem pode conter: texto que diz "05. GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA Um provedor de internet local produz emprego e renda para a região onde está inserido, contribuindo assim para o cenário econômico de sua localidade. Of @hokinet.internet HOKINET COMPARTILMEESSAEXPERIENCIA"

#CompreDoPequeno
#JuntosPeloPequeno
#ApoieAsPequenasEmpresas
#Sebrae
#PequenoNegocio

Melhores processadores gamer para comprar no Brasil em 2020

Ter um bom processador “gamer” para rodar seus jogos é tão importante quanto uma boa placa de vídeo. Intel e AMD oferecem no mercado brasileiro modelos com diferentes propostas, como o top de linha Core i9 10900K, apresentado pela fabricante como mais rápido do mundo na categoria, e o Ryzen 5 3600X, custo-benefício que promete alto desempenho. Com o chip certo instalado no seu PC gamer, o sistema deve tirar o máximo de performance da GPU, além de evitar gargalos e garantir um bom desempenho geral.

Confira a seguir as melhores opções de processador gamer à venda no Brasil em 2020, com preços que começam em R$ 1.039,90. Vale ressaltar que os preços são de responsabilidade das lojas online e podem mudar a qualquer momento, sem aviso prévio.

1. Intel Core i9 9400F – a partir de R$ 1.039,90

Com a chegada da décima geração de processadores da Intel, a linha anterior aparece com preços mais baixos. É o caso do Core i5 9400F, hexa-core sem Hyper Threading que tem performance intermediária, mas suficiente para jogos em geral. Outro detalhe importante do chip é a ausência de uma GPU integrada, o que justifica o valor mais baixo, mas ao mesmo tempo obriga o usuário a investir em uma placa de vídeo dedicada.

Com velocidades entre 2,9 e 4,1 GHz, o componente deve ser capaz de atingir boas taxas de quadros por segundo, desde que pareado com uma boa solução gráfica. Já substituído pelo Core i5 10400, mais recente, o Core i5 9400F pode ser encontrado por a partir de R$ 1.039,90 no momento.

2. AMD Ryzen 5 3400G – a partir de R$ 1.239

O Ryzen 5 3400G se classifica para a nossa lista por conta da presença de uma GPU integrada de performance razoável. A Radeon Vega 11 que acompanha o componente garante boa performance para rodar jogos a 720p, ou até mesmo Full HD em caso de títulos mais antigos e menos exigentes.

O processador em si, é um quad-core de oito threads e velocidades de 3,7 a 4,2 GHz. O modelo aceita overclock, utiliza o mesmo soquete AM4 dos Ryzen mais badalados e é vendido no Brasil por, pelo menos, R$ 1.239, valor interessante para quem quer montar um PC gamer intermediário.

3. AMD Ryzen 5 3600X – a partir de R$ 1.690,90

O Ryzen 5 3600X é um hexa-core de 12 threads que aparece como uma das melhores opções de custo-benefício para quem quiser montar um PC gamer em 2020. O processador tem performance de sobra para encarar jogos recentes e não custa tão caro quanto as unidades top de linha, seja da Intel ou da própria AMD. No momento, o modelo aparece por R$ 1.690,90 no varejo nacional.

Amigável com overclocks, o processador perde terreno em performance diante da décima geração da Intel, mas ainda se mostra uma boa escolha no custo benefício em virtude do suporte ao PCIe 4.0, tecnologia ausente mesmo em CPUs da rival que custam o dobro do preço. Outra opção é o similar Ryzen 5 3600, sem o “X”, que é ainda mais barato.

Ryzen 5 3600X é uma das melhores opções de custo-benefício do mercado — Foto: Divulgação/AMD

4. AMD Ryzen 7 3700X – a partir de R$ 2.299

O Ryzen 7 3700X é um octa-core de 16 threads da AMD destinado ao mercado premium e com performance equilibrada tanto para games recentes quanto para softwares profissionais de edição. Amigável com overclock, o modelo encaixa em soquete AM4 e, como todo Ryzen da terceira geração, traz suporte ao PCIe 4.0, diferencial relevante diante de produtos da Intel, ainda no PCIe 3.0. Um pouco abaixo do Ryzen 7 3800X, o 3700X é uma opção para quem pretende economizar um pouco sem perder muita performance na troca. No momento, é possível encontrar o produto saindo a R$ 2.299 no mercado brasileiro.

Ryzen 7 3700X é octa-core com 16 threads e suporte a PCIe 4.0 — Foto: Divulgação/AMD

5. AMD Ryzen 9 3900X – a partir de R$ 2.499,90

O Ryzen 9 3900X é o melhor processador para games da AMD no momento, pelo menos até a chegada do Ryzen 9 3900XT ao mercado. Composto de 12 núcleos e 24 threads, o Ryzen 9 alcança velocidades de até 4,6 GHz em turbo e é o rival direto do Core i9 9900K, opção de nona geração da Intel. O modelo da AMD tem suporte para overclock e utiliza soquete AM4, sendo encontrado por a partir de R$ 2.499,90 no mercado nacional.

Embora perca terreno para os chips Intel na hora de rodar jogos, o Ryzen 9 chega perto e oferece uma performance mais empolgante para aplicações profissionais, o que o classifica como uma ótima escolha para quem precisa de um PC de uso geral.

Ryzen 9 3900X é uma proposta mais equilibrada para quem quer um PC gamer também eficiente no trabalho pesado — Foto: Divulgação/AMD

6. Intel Core i7 9700K – a partir de R$ 2.899,90

Um dos processadores gamer mais poderosos da nona geração da Intel, o Core i7 9700K é um octa-core que destoa um pouco de outros modelos premium da marca, já que não oferece Hyper Threading. Apesar disso, o modelo da Intel traz suporte a overclock e opera a velocidades que chegam aos 4,9 GHz em turbo.

O modelo encaixa em soquetes LGA1151 da Intel e é mais um exemplo da tendência de que os processadores da marca se deem melhor em games do que as alternativas da AMD, com destaque para a performance single-core da CPU e suas altas velocidades em turbo. No Brasil, é possível encontrar o chip premium por R$ 2.899,90.

Core i7 9700K tem boas especificações, permite overclock, mas não conta com Hyper Threading — Foto: Divulgação/Intel

7. Intel Core i9 9900K – a partir de R$ 3.699,90

Octa-core de nona geração com 16 threads, o Core i9 9900K tem velocidaes de 3,6 GHz a 5 GHz, superando seu adversário direto da AMD, o Ryzen 9 3900X. Sua performance para jogos promete ser superior graças aos clocks mais altas, além da boa performance single-core da CPU.

Compatível com overclock, o Core i9 9900K é antecessor do Core i9 10900K, considerado o mais rápido do mundo para jogos pela Intel. De qualquer forma, o modelo é bastante interessante para quem possui placa LGA1151, por exemplo. Seu valor no mercado nacional começa em R$ 3.699,90 nas principais lojas do varejo.

Core i9 9900K ainda é um dos melhores processadores gamer no mercado — Foto: Divulgação/Intel

8. Intel Core i9 10900K – a partir de R$ 4.089

A Intel aposta firme na proposta gamer do Core i9 10900K, a ponto de o classificar como o “processador mais rápido do mundo para jogos” e a verdade é que benchmarks dão sustentação à ideia. Com 10 núcleos e 20 threads, o modelo funciona com clock base de 3,7 GHz e pode acelerar a 5,3 GHz aplicando turbo.

O processador também suporta overclock e é compatível com as novas placas-mãe Z490, que usam o soquete LGA1200 da Intel. O top de linha de décima geração da Intel já pode ser encontrado no Brasil saindo por preços que começam em R$ 4.089.

Core i9 10900K tem se dado bem em benchmarks e reviews — Foto: Divulgação/Intel